Enquanto algumas pessoas estão bastante endividadas, outras têm economias que acabam sendo usadas para a aquisição de bens ou para o lazer. O que diferencia esses dois grupos de pessoas é a educação financeira.

A questão central da educação financeira não é deixar de gastar o dinheiro, mas sim saber onde, quando e como fazer uso dos recursos, seja guardando em alguns meses, para adquirir um determinado bem, ou negociando melhores taxas de juros nas compras.

A maior parte das pessoas costuma aprender técnicas quando percebe que suas despesas já superaram, em determinado volume, as suas receitas. Na verdade, o ideal seria iniciar uma vida financeira saudável desde cedo, motivo pelo qual esse conhecimento tem sido transmitido para jovens e crianças por algumas entidades de ensino.

Se você faz parte do grupo que não possui muitas condições financeiras, mas mesmo assim deseja aprimorar seus conhecimentos e realizar cursos, poderá se inscrever no Educa Mais Brasil, programa que oferece descontos de até 70% em seus cursos, dessa forma, fica muito mais fácil arcar com os gastos.

Os cursos disponibilizados pelo Educa Mais Brasil vão desde a educação básica até a pós-graduação, podendo ser realizado por qualquer pessoa, sendo assim, não deixe de estudar e adquirir um melhor futuro.

Mas para quem ainda não teve oportunidade de participar de um curso ou uma palestra que aborde esse tema, vale a pena prestar atenção em algumas dicas úteis para administrar melhor seus recursos e alcançar uma condição financeira mais tranquila.

O primeiro ponto a ser observado é a necessidade de reverter o equilíbrio entre as despesas e as receitas. Um dinheiro extra é utilizado para saldar dívidas ou até mesmo para fazer aplicações financeiras, seja na poupança ou em fundos de investimentos que garantem uma boa rentabilidade.

Em alguns casos, essa simples medida pode fazer toda a diferença para a família, mas existem situações em que dívidas vultosas exigem medidas mais duras, como um corte drástico nas despesas fixas e nas compras. Nessas situações iniciar uma renegociação com os credores, para eliminar uma parte dos juros cobrados pelo atraso, permite colocar as finanças novamente em ordem em um determinado prazo.

A realidade é que quanto mais técnicas de educação financeira foram aplicadas às finanças pessoais e da família, melhores serão as condições de vida e maiores as possibilidades de superar períodos mais difíceis.

Você sabia que o cartão cidadão garante diversas facilidades para o beneficiado que o utiliza? Com tanta burocracia para adquirir serviços bancários e previdenciários, é importante estar ciente de alguns instrumentos que podem facilitar o seu dia-a-dia. Quer entender um pouco mais sobre o cartão cidadão e saber quem pode fazê-lo? Veja as informações a seguir e descubra se você preenche os requisitos.

O que é o cartão cidadão?

O cartão cidadão facilita o acesso a serviços sociais e é um benefício utilizado por pessoas que têm valores a receber tais como o FGTS, seguro desemprego, PIS e Bolsa Família que são direitos trabalhistas. Para receber esses direitos, é necessário verificar se você preenche os requisitos.  Confirme se você tem acesso e veja como receber o pagamento do PIS.

O abono salarial é um valor disponível para os trabalhadores de empresa privada cadastrados a mais de 5 anos que recebem até dois salários mínimos. Quem está de acordo com esta situação, mas não sabe quanto irá receber, deve consultar saldo PIS 2019 e se informar.

Quais as vantagens?

Para os trabalhadores que têm benefícios, tais como os já mencionados acima, o cartão irá permitir o fácil acesso a saldos dos valores, saques em vários postos, impressão de extratos, sacar valor do Bolsa Família, pagamento direto com o cartão nos canais autorizados pela Caixa Econômica Federal. Sem contar que o cartão permite que você faça saques em diversos postos próximos a você.

Quem pode fazer?

Como este benefício fica disponível para quem tem um valor de direito trabalhista a receber, é provável que você possa solicitá-lo. Se você é um trabalhador de instituição pública ou privada que já atuou com a carteira assinada significa que terá um Fundo de Garantia por Tempo de Serviço sendo acumulado, e portanto, pode realizar a solicitação do Cartão Cidadão.

Como solicitar?

Se você se encaixa no perfil de quem pode se utilizar do cartão da Caixa, saiba a seguir como você pode solicitar o seu. A boa notícia é que a aquisição do cartão é gratuita! Antes é preciso que você:

  • Esteja cadastrado no PIS/PASEP;
  • Possua o Número de Inscrição Social (NIS) ou o Número de Inscrição do Trabalhador (NIT);
  • Tenha dados cadastrais atualizado com a Caixa Econômica Federal.

Se os requisitos acima estiverem regulares, você deve levar toda a sua documentação e um comprovante de renda até uma unidade da Caixa e solicitar uma senha de atendimento para o serviço. Outra opção é ligar para o número 0800-726-0207 e receber as instruções através do atendimento virtual.

Inscrições Pronatec 2019 confira informações sobre a oferta de cursos gratuitos em Pelotas RS oferecido pela Prefeitura e PRONATEC, os cursos são de qualificação profissional na área administrativa e operacional, tem curso disponível para interessados que tenha ensino fundamento completo ou incompleto, curso para pessoas que estejam cursando ou já tenha concluído o ensino médio.

Os cursos serão realizados pelas instituições de ensino SENAI Pelotas, SENAC e Instituto Federal do Rio Grande do Sul. Todos os interessados que estiverem dentro dos requisitos solicitados podem se inscrever, porém as pessoas que recebem auxílio do governo como Bolsa Família e Inscritos no Cadastro Único terão prioridade, pois o PRONATEC tem como objetivo preparar profissionalmente as pessoas menos favorecidas financeiramente.

Inscrição será somente nos dias 19 e 20 de agosto na prefeitura de Pelotas, ao comparecer no local deve-se ter em mãos comprovante de escolaridade, e comprovante de residência, carteira de identidade, CPF e o número de inscrição social.

São mais de 380 vagas que serão distribuídas em 16 cursos de qualificação profissional, você pode escolher um dos cursos abaixo desde que seu perfil confira com as solicitações do curso escolhido.

Curso Mestre de obras, Curso Torneiro Mecânico, Curso Traçador de caldeiraria, Curso Armador de Ferragem, Curso Serralheiro de alumínio, Eletricista Baixa Tensão, Cuidador de Idoso, Operador de Supermercado, Garçom, Balconista de Farmácia, Auxiliar de Cozinha, Auxiliar Administrativo, Cuidador Infantil e Recepcionista. Prefeitura Municipal de Pelotas está localizada na Praça Cel. Pedro Osório, 101. Telefone Contato (53) 3309-6000

O candidato que contratou o serviço do FIES por meio do Banco do Brasil precisa saber o procedimento para pagamento. Deste modo quem solicitou o FIES 2019 Banco do Brasil precisa efetuar o pagamento corretamente. Para saber como fazer confira o artigo. No texto vamos falar sobre o FIES 2019 Banco do Brasil.

FIES 2019 Banco do Brasil

O Programa de Financiamento Estudantil (FIES) logo inicia o período de inscrições para o processo seletivo. Deste modo quem deseja contratar o financiamento para os estudantes universitários em instituições privadas deve concluir o processo.

Neste caso será possível se inscrever em processos seletivos dos novos contratos do FIES 2019 no primeiro e segundo semestre.

Informe-se também sobre o aditamento FIES 2019!

Isto é válido para os estudantes que são matriculados em instituições particulares de ensino superior. Ainda é preciso que elas sejam positivas pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior, SINAES.

Além disso, é preciso que o candidato tenha feito às provas do Exame Nacional do Ensino Médio com média igual ou superior a 450 pontos e não podem ter zerado no Enem.

Deste modo é preciso que os pagamentos referentes ao contrato do financiamento sejam feitos por boleto bancário. Quando o estudante contrata o FIES 2019 ele deve escolher o agente financeiro.

Entre os agentes tem o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal. Quem escolheu o Banco do Brasil precisa efetuar o pagamento do mesmo.

Como pedir o boleto

Sempre que preciso o aluno pode solicitar a segunda via do boleto. O processo é feito por meio do Sistema Informatizado do Fundo de Financiamento Estudantil (SisFIES). No site o estudante pode conferir suas informações financeiras cadastrais.

Além disso, como uma conta comum o boleto do Fies pode ser pago pela internet banking, em agências bancárias e/ou caixas automáticos. Para o processo:

  • Para emitir o seu boleto caso não tenha recebido é preciso ir à agência do banco para solicitar a segunda via do boleto. Além disso, é possível solucionar o problema por telefone (0800-729-0722).
  • Já para quem utiliza a internet banking do Banco do Brasil não precisa imprimir o boleto. Ele pode copiar o código de barras e colar na opção de pagamentos.

Como pagar boleto do FIES Banco do Brasil

Até a data de vencimento ele pode ser pago em internet banking, caixas automáticos e em agências bancárias.

Depois do vencimento o boleto poderá ser pago em uma agência na qual foi escolhido o financiamento do FIES.

Documentos para boleto do Banco do Brasil

O boleto do Banco do Brasil necessita que o candidato vá até agência ou faça a ligação. Deste modo pode ser que seja pedido seus documentos cadastrais, com isso pode ser solicitado:

  • Número do CPF.
  • Número do contrato.
  • Entretanto, para facilitar o recomendado é estar com os documentos pessoais em mãos. caso tenha qualquer problema.

Central de informações

Quem tem dúvidas pode entrar em contato sobre o boleto do FIES 2019 Banco do Brasil, no telefone:

  • Central de Atendimento: 0800 61 61 61.

Fantasias de Carnaval para meninas são fáceis de encontrar. Difícil será decidir por esta ou aquela, e ainda fazer a criança embarcar na brincadeira que o Carnaval 2019 tem que ser para a menina. Contudo, basta um pouquinho de observação e ouvidos atentos ao que ela gosta no dia a dia. Os cadernos, livros e brincadeiras que a menina mais gosta podem dar pistas valiosas para a escolha da fantasia.

Uma das escolhas clássicas e quase certeiras são as fantasias de princesa. Seja as da vida real, sejam as dos contos de fadas eternizados pelos desenhos. Os esvoaçantes vestidos da Cinderela, Branca de Neve ou da Gata Borralheira e seus acessórios delicados são muito queridos pelas meninas. Outra criatura com aura mística e que as meninas adoram são as bruxinhas; os chapéus, os vestidos de cores mais escuras (desde que não seja totalmente preto, pois tecidos pretos esquentam mais a pele) e o ar debochado são perfeitos para os festejos do Carnaval.

No caso de aniversários nessa época, você pode fazer uma Decoração de Carnaval e solicitar fantasia para os convidados.

Bichinhos e animais com jeito “fofo”, como leoas e joaninhas, tem apelo quase que instantâneo. Só tome cuidado com os materiais usados, que não podem ser muito pesados ou com adereços demais, podendo causar desconforto nos clubes cheios de gente e quentes. Caso você seja uma mãe criativa pode usar velhas roupas e tecidos, juntar com detalhes coloridos nos botões, laços e chapéus e fazer com que a menina caia na folia de uma forma customizada e alegre.

A partir da publicação da Lei Complementar 150 de 2015, os pilotos de corrida foram assegurados inúmeros direitos, desde finalmente a criação da jornada de trabalha ao direito de indenização compensatória da perda do emprego. Vamos falar dos principais.

Piloto de Corrida
Piloto de Corrida

Primeiro, temos que entender quem seria o piloto de competição.

Para se enquadrar nesta categoria, o trabalhador deve prestar serviços de forma continua, subordinada, onerosa e pessoal e de finalidade não lucrativa, ou seja, não poderá trabalhar, mesmo que seja na residência dA equipe, criando produtos que vá gerar lucros para o mesmo.

Além de ser necessário a frequência de pelo menos 3 dias por semana para se caracterizar piloto de competição.

Isto está previsto no Art. 1 da Lei Complementar 150.

Sobre a duração do trabalho doméstico

A partir da nova lei, agora o limite de horas na estrada terá duração de 08 horas diárias e 44 horas semanais, tendo sua hora extra aumentada de no minimo 50% sobre o valor normal.

Além de que poderá o piloto e equipe, através de acordo escrito, definir um regime de compensação de horas, aonde as horas extras trabalhadas pelo piloto, poderão ser descontados em outro dia, no prazo máximo de um ano.

Porém as 40 primeiras horas extras exercidas pelo piloto, deverão obrigatoriamente serem pagas.

Poderá também através de acordo entre o patrão e o motorista, exercendo o ultimo, o regime de trabalho 12 X 36 horas, aonde se trabalha 12 horas, observados ou indenizados, os intervalos para repouso e alimentação e se descansa 36 horas.

Regime de tempo parcial

Agora o piloto de competição poderá ser contratado em regime de tempo parcial se não exceder as 25 horas semanais de trabalho, sendo o salário pago proporcionalmente ao que se pagaria ao trabalhador de tempo integral.

E diferente do piloto normal, poderá pagar até uma hora extra por dia, totalizando no máximo seis horas diárias.

Intervalo para repouso e alimentação

Poderá, através de acordo escrito entre piloto e patrão, ser diminuído o repouso de 2 horas, para meia hora. E caso o piloto de competição resida no local de trabalho, poderá ser desmembrado em até duas vezes, com o mínimo de 01 horas cada, totalizando no máximo 04 horas.

Acompanhamentos em viagem

Caso o piloto acompanhe A equipe, prestando serviços em viagens, serão consideradas só as horas em que realmente e efetivamente se trabalharam, podendo as horas extras serem compensadas em outro dia. Além de que a remuneração terá que ser 25% maior do que o normal.

Descontos no salários

A equipe não poderá efetuar nenhum desconto no salário, por fornecimento de alimentação, vestuário, higiene ou moradia. Bem como despesas com transporte, hospedagem e alimentação em caso de acompanhamento em viagem.

Com exceção apenas de 20% caso o piloto concorde em planos de assistência médico-hospitalar, de seguro e de previdência.

Poderá também ser descontado caso a equipe ofereça moradia, em local diverso do local de trabalho.

FGTS e indenização compensatória

Agora A equipe terá obrigatoriamente que assinar o FGTS do piloto de competição, porém o mesmo não tem direito a multa de 40% caso seja demitido sem justa causa, ao invés disto, é obrigatório o patrão depositar o valor de 3.2% do salário ao mês, que terá a mesma função da multa anteriormente mencionada. Porém caso o piloto seja demitido por justa causa, A equipe pode reaver o montante.