Para os moradores de Brasília, o Casa Verde e Amarela Brasília DF, é uma excelente oportunidade de conseguirem uma casa própria. Com o programa muitas pessoas tem saído do aluguel e conseguido uma tranquilidade. Se você está em busca do sonho da casa própria, conheça a seguir o Casa Verde e Amarela Brasília DF e aproveite.

Casa Verde e Amarela Brasília DF

O programa Casa Verde e Amarela Brasília ou PMCMV, foi criado pelo Governo Federal em parceria com o CODHAB. É um projeto habitacional que tem como objetivo, ajudar os moradores de determinadas áreas a conseguirem uma casa própria.

Aqueles que possuem rende de até 12 salários mínimos podem participar do programa e conseguir um financiamento.

Esse ano o Governo Federal anunciou uma novidade: O teto de imóveis para as faixas 2 e 3 foi ampliado. Para as cidades de 20 mil a 50 mil habitantes, o valor máximo do imóvel a ser financiado passou de R$ 110 mil para R$ 145 mil no Distrito Federal.

No Rio de Janeiro e em São Paulo; de R$ 105 mil para R$ 140 mil no Sul, no Espírito Santo e em Minas Gerais; de R$ 105 mil para R$ 135 mil em Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul; e de R$ 100 mil para R$ 130 mil no Norte e no Nordeste.

“Com essas novas condições, a Caixa está com capacidade plena para atender a demanda por moradia no mercado imobiliário”, destacou o banco no comunicado.

Requisitos Casa Verde e Amarela Brasília DF

Se você deseja participar do Casa Verde e Amarela Brasília DF, é preciso saber que existe alguns requisitos a serem seguidos. Os requisitos são divididos de acordo com a faixa salarial da família.

Veja a seguir quais os requisitos necessários:

Faixa 1

  • Famílias com renda mensal de até: R$ 1.800,00.

Faixa 1,5

  • Famílias com renda mensal de: R$1.800,01 á R$2.350,00.

Faixa 2

  • Famílias com renda mensal de: R$ 2.350,01 á R$ 3.600,00.

Faixa 3

  • Famílias com renda mensal de: R$ 3.600,01 á R$ 6.500,00.

Faixa 4

  • Famílias com renda mensal superior a: R$ 6.500,01.

Regras Casa Verde e Amarela Brasília DF

Além da renda familiar estar dentro das solicitadas pelo programa, as famílias que desejam participar do Casa Verde e Amarela de Brasília, deve seguir as seguintes regras:

  • O interessado deve ser maior de idade;
  • Não poderá ter sido proprietário de algum imóvel;
  • Não poderá ser promitente comprador ou cessionário de imóvel do estado;
  • Deve morar no Distrito Federal nos últimos cinco anos;
  • Não poderá ser um proprietário de imóvel;
  • Não poderá ser beneficiado por outro programa habitacional do DF;
  • Não poderá ter renda familiar superior á doze salários mínimos.

Inscrições Casa Verde e Amarela Brasília DF

Agora que você já conhece o programa e percebeu que pode participar, veja como fazer a sua inscrição Casa Verde e Amarela DF.

Veja o passo a passo a seguir:

  • Primeiro, acesse o portal da CODHAB;
  • Clique em “Área do beneficiário” e “Primeiro Acesso”;
  • Em seguida faça o seu cadastro informando o seu CPF;
  • Depois vá seguindo as instruções de inscrição.

Pronto! Agora será preciso aguardar até que a análise dos seus documentos seja feita e aprovada.

Simulador Casa Verde e Amarela Brasília DF

A Caixa Econômica Federal, disponibiliza o simulador Casa Verde e Amarela Brasília. Com ele você pode se antecipar e saber quanto ficará a sua parcela.

Veja como fazer:

  • Acesse o simulador;
  • Preencha os campos solicitados;
  • Finalize o procedimento;
  • Agora, é só conferir os resultados.

Lembrando que vamos estar sempre trazendo as novidades sobre o Casa Verde e Amarela Brasília DF. Não perca!

 

Você sabia que o cartão cidadão garante diversas facilidades para o beneficiado que o utiliza? Com tanta burocracia para adquirir serviços bancários e previdenciários, é importante estar ciente de alguns instrumentos que podem facilitar o seu dia-a-dia. Quer entender um pouco mais sobre o cartão cidadão e saber quem pode fazê-lo? Veja as informações a seguir e descubra se você preenche os requisitos.

O que é o cartão cidadão?

O cartão cidadão facilita o acesso a serviços sociais e é um benefício utilizado por pessoas que têm valores a receber tais como o FGTS, seguro desemprego, PIS e Bolsa Família que são direitos trabalhistas. Para receber esses direitos, é necessário verificar se você preenche os requisitos.  Confirme se você tem acesso e veja como receber o pagamento do PIS.

O abono salarial é um valor disponível para os trabalhadores de empresa privada cadastrados a mais de 5 anos que recebem até dois salários mínimos. Quem está de acordo com esta situação, mas não sabe quanto irá receber, deve consultar saldo PIS 2021 e se informar.

Quais as vantagens?

Para os trabalhadores que têm benefícios, tais como os já mencionados acima, o cartão irá permitir o fácil acesso a saldos dos valores, saques em vários postos, impressão de extratos, sacar valor do benefício, pagamento direto com o cartão nos canais autorizados pela Caixa Econômica Federal. Sem contar que o cartão permite que você faça saques em diversos postos próximos a você.

Quem pode fazer?

Como este benefício fica disponível para quem tem um valor de direito trabalhista a receber, é provável que você possa solicitá-lo. Se você é um trabalhador de instituição pública ou privada que já atuou com a carteira assinada significa que terá um Fundo de Garantia por Tempo de Serviço sendo acumulado, e portanto, pode realizar a solicitação do Cartão Cidadão.

Como solicitar?

Se você se encaixa no perfil de quem pode se utilizar do cartão da Caixa, saiba a seguir como você pode solicitar o seu. A boa notícia é que a aquisição do cartão é gratuita! Antes é preciso que você:

  • Esteja cadastrado no PIS/PASEP;
  • Possua o Número de Inscrição Social (NIS) ou o Número de Inscrição do Trabalhador (NIT);
  • Tenha dados cadastrais atualizado com a Caixa Econômica Federal.

Se os requisitos acima estiverem regulares, você deve levar toda a sua documentação e um comprovante de renda até uma unidade da Caixa e solicitar uma senha de atendimento para o serviço. Outra opção é ligar para o número 0800-726-0207 e receber as instruções através do atendimento virtual.