Reunião do Conselho Nacional de Secretários de Educação em Alagoas vai discutir o programa Toda criança na Escola, a merenda escolar e a implantação do Fundo de Manutenção e de Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef).

No Dia do Zelador, o programa faz entrevistas com vários deles e fala da importância de se cuidar da escola.

Mensagem do ministro da Educação Paulo Renato para as crianças que ainda estão fora da escola.

Em João Pessoa, Paraíba, foi instalado serviço de telefones para esclarecer dúvidas de pais sobre a semana de matrícula. Entrevista com o secretário de Educação de João Pessoa, Neroaldo Pontes.

Se você deseja construir um futuro melhor e ter mais oportunidades no mercado de trabalho, é importante ter concluído pelo menos o ensino médio, se não for o seu caso, agora isso é possível através da prova do Encceja, um programa realizado todos os anos, que fornece aos jovens e adultos o diploma do ensino fundamental ou médio ao atingir um número mínimo de acertos.

Em fevereiro, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) conclui a entrega de 64,7 milhões de livros didáticos.

Ouvinte de 14 anos, em Peçanha, Minas Gerais, escreve para o programa contando que há 4 anos deixou de estudar por falta de transporte escolar. Entrevista com a secretária de Educação Carmen Silva.

O Amazonas é o estado que mais encontra dificuldades na execução da campanha de matrícula. A delegada do Mec no Amazonas, Selma Maquiné, diz em entrevista que o maior problema é alcançar as populações que vivem no interior da floresta.

Tocantins tem 10 mil alunos fora da escola. O estado encontrou uma solução criativa para atender às famílias dos assentados do Incra na zona rural.

Escola Brasil divulga a localização dos postos de matrícula atendendo a pedido Secretaria de Educação de Nova Mamoré, no norte de Rondônia.

As bolsas de Prouni no RS foram encerradas ontem, dia 12 de Dezembro para cadastramento das Universidades ao Programa Universidade para Todos.

O Prouni no RS oferece até 370 bolsas integrais para sete instituições de ensino superior em cursos tecnológicos para as áreas de Petróleo, Gás, Energia Eólica, Indústria Oceânica e Polo Naval. abaixo selecionamos as instituições e cursos disponíveis.

Instituições e cursos com bolsas do Prouni no RS

  • Universidade de Caxias do Sul (UCS):

Cursos: Automação Industrial e Eletrônica Industrial.

  • Universidade de Passo Fundo (UPF):

Cursos: Sistemas para Internet, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Fabricação Mecânica.

  • Universidade Feevale:

Cursos: Gestão Ambiental, Sistemas para Internet e Gestão da Produção Industrial.

  • Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc):

Cursos: Sistemas para Internet e Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

Também com Bolsas do Prouni RS

  • Unilasalle

Cursos: Sistemas para Internet e Tecnologia em Redes de Computação.

  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos)

Cursos: Gestão Ambiental e Segurança da Informação.

  • Fundação Vale do Taquari de Educação e Desenvolvimento Social (Fuvates)

Cursos: Tecnologia em Redes de Computação

O prazo para inscrição no Prouni 2019 já encerrou, então você gaúcha – ou que adora as terras do sul – já está escolhendo a sua?

O acesso ao Prouni é pela nota da prova do Enem, então confira o nosso calendário Enem

– 3 de novembro, 13h – Aplicação das provas de Ciências Humanas e suas Tecnologias e de Ciências da Natureza e suas Tecnologias; (UFA, já passou!)

– 4 de novembro, 13h – Aplicação das provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; de Matemática e suas Tecnologias; e da Redação; (UFA, já passou!)

– 7 de novembro – Gabarito Enem 2019; E aí, foi bem??

– 28 de dezembro – Resultado Enem 2019.

O Concurso INSS 2019 tem sido aguardado por várias pessoas que a muito tempo já se preparam para conseguir se classificar e assim conquistar a sua vaga. O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão divulgou no dia 23 de Dezembro de 2018 o edital para o Concurso INSS 2019, e se você deseja participar veja mais sobre o edital a seguir.

Concurso INSS 2019

Agora com o edital do Concurso 2019 acelera o ritmo de preparação para esse concurso, dessa forma para que você não fique para traz veja com atenção as informações preparadas para você sobre o concurso. Veja também como funciona a contagem de contribuição do INSS.

O Concurso INSS abriu as suas inscrições no dia 4 de janeiro de 2019 oferecendo 950 vagas de Técnico e Analista do Seguro Social, 800 vagas de nível médio e 150 para nível superior nos 26 estados do Brasil.

Os salários oferecidos para aqueles que forem aprovados no concurso podem chegar até a R$ 7.496,09.

Inscrições

As inscrições para o Concurso INSS 2019 serão realizadas através do site da CESPE (Centro de Seleção e de Promoção de Eventos).

Para se inscrever é preciso acessar o site no endereço https://www.security.cespe.unb.br/cadastro/ e então realizar o seu cadastro caso você ainda não tenha.

Para fazer o cadastro basta clicar na opção “Não tenho Cadastro”.

  • Após clicar na opção “Não tenho Cadastro” você irá preencher as informações solicitadas para a inscrição do Concurso INSS 2019 inserindo os dados que serão solicitados inicialmente.
  • CPF;
  • CEP residencial.

Logo em seguida aparecerá um formulário de inscrição do Concurso INSS 2019 para ser preenchido com as seguintes informações:

  • Nome;
  • Data de Nascimento;
  • Sexo;
  • Escolaridade;
  • Nome do Pai;
  • Nome da Mãe;
  • CPF;
  • Identidade;
  • UF;
  • Endereço;
  • Telefone;
  • Email;

Após realizar o cadastro no site você já pode se inscrever para o Concurso INSS.

O prazo para realizar as inscrições no Concurso vão de 4 de Janeiro de 2019 até 22 de Fevereiro de 2019, somente online no site da CESPE.

Conteúdos

Alguns dos conteúdos que serão cobrados na prova dos técnicos e analistas do Seguro Social no Concurso INSS são:

  • Língua Portuguesa;
  • Raciocínio Lógico;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Administrativo;
  • Legislação Previdenciária;
  • Noções Informática.

Edital

O edital para o concurso já foi anunciado no final de Dezembro de 2018, e nele constam todas as principais informações que o candidato precisa saber.

A previsão é para que as provas aconteçam no dia 15 de maio de 2019, porém ainda não foi divulgado os locais de aplicação.

Para se inscrever no concurso INSS 2019 é preciso pagar uma taxa no valor de R$ 65 (para o nível médio) ou R$ 80 (para o nível superior).

O Edital completo para o concurso INSS 2019 pode ser consultado através do site no endereço http://folhaconcursos.com/wp-content/uploads/2018/01/INSS_ED._1_ABT.pdf

Se você vai participar do concurso leia com atenção o edital para que não perca nenhuma informação importante e relevante para você candidato.

O Enem é uma das provas mais esperadas do ano. Elaborada pelo Ministério da Educação (MEC) é um exame usado para medir o nível de educação das escolas em todo o país.

Porém a sua importância é bem maior: é pré-seletivo para programas como o Prouni, FIES e a nota vale para muitos vestibulares. Logo, dominar as matérias que caem no ENEM é necessidade para os alunos.

Por que fazer o ENEM?

O Exame Nacional do Ensino Médio por muitos anos não tinha valor para o estudante concluinte do ensino médio. Era opcional e a nota não tinha uso, fazia apenas quem queria testar-se um pouco mais para o vestibular.

Mas com o tempo a prova cresceu de nível e muitas universidades e faculdade adotaram o teste como vestibular. Muitas instituições possuem os dois: vestibular e prova do Enem, mas algumas apenas usam o ENEM.

O mais importante de fazer a prova anual é mesmo concorrer a bolsas de estudo do ProUni. O Programa Universidade Para Todos usa as notas do teste como seletiva para disponibilizar vagas para alunos de baixa renda em instituições de ensino superior pagas.

Já o FIES que também usa a nota da avaliação ajuda o estudante a financiar seus estudos no ensino privado e pagar apenas após diploma na mão, já inserido no mercado de trabalho.

Tanto para concorrer ao Fies com ao Prouni o aluno deve:

  • não tirar zero na prova de redação
  • ter nota nas outras matérias do Enem superior a 450

Quais matérias caem no ENEM?

A prova do ENEM possui conteúdos que englobam todo o conhecimento do Ensino Médio. Não é preciso focar apenas na prova se você é um bom estudante. Seu aprendizado vai ser testado apenas com conteúdo programado de sala de aula na escola, sem disciplinas extras.

As disciplinas que caem no Edital Enem 2019 são:

  • português – gramática, interpretação de texto e literatura (com leituras obrigatórias)
  • matemática – básica e geometria
  • geografia
  • história do Brasil e do mundo
  • biologia
  • física
  • química
  • inglês
  • educação artística
  • sociologia
  • filosofia

Como é a prova do Enem?

Durante dois dias de prova o aluno responde questões de múltipla escolha. São proposições para marcar A, B, C, D ou E e depois transpor tudo para o gabarito. No primeiro dia ficam os conhecimentos gerais com português e as disciplinas de humanas. O segundo dia é de matérias de exatas.

O aluno deve responder o caderno de questões e depois copiar as respostas em seu gabarito. É extremamente importante verificar qual seu tipo de caderno. Para evitar fila o teste possui quatro tipos de cadernos mudando apenas a ordem das questões e marcar errado pode resultar em uma nota zero no Enem.

Tirar zero no Enem pode?

Não. O aluno com zero em alguma disciplina ou na redação não terá nota válida para vestibular ou concorrer a qualquer programa do governo.

Também não pode deixar o gabarito em branco porque será considerado Zero, mesmo tendo entregado o caderno de questões totalmente marcado. Deve também preencher corretamente o cabeçalho da prova e gabarito ou terá a prova anulada.

Enquanto algumas pessoas estão bastante endividadas, outras têm economias que acabam sendo usadas para a aquisição de bens ou para o lazer. O que diferencia esses dois grupos de pessoas é a educação financeira.

A questão central da educação financeira não é deixar de gastar o dinheiro, mas sim saber onde, quando e como fazer uso dos recursos, seja guardando em alguns meses, para adquirir um determinado bem, ou negociando melhores taxas de juros nas compras.

A maior parte das pessoas costuma aprender técnicas quando percebe que suas despesas já superaram, em determinado volume, as suas receitas. Na verdade, o ideal seria iniciar uma vida financeira saudável desde cedo, motivo pelo qual esse conhecimento tem sido transmitido para jovens e crianças por algumas entidades de ensino.

Se você faz parte do grupo que não possui muitas condições financeiras, mas mesmo assim deseja aprimorar seus conhecimentos e realizar cursos, poderá se inscrever no Educa Mais Brasil, programa que oferece descontos de até 70% em seus cursos, dessa forma, fica muito mais fácil arcar com os gastos.

Os cursos disponibilizados pelo Educa Mais Brasil vão desde a educação básica até a pós-graduação, podendo ser realizado por qualquer pessoa, sendo assim, não deixe de estudar e adquirir um melhor futuro.

Mas para quem ainda não teve oportunidade de participar de um curso ou uma palestra que aborde esse tema, vale a pena prestar atenção em algumas dicas úteis para administrar melhor seus recursos e alcançar uma condição financeira mais tranquila.

O primeiro ponto a ser observado é a necessidade de reverter o equilíbrio entre as despesas e as receitas. Um dinheiro extra é utilizado para saldar dívidas ou até mesmo para fazer aplicações financeiras, seja na poupança ou em fundos de investimentos que garantem uma boa rentabilidade.

Em alguns casos, essa simples medida pode fazer toda a diferença para a família, mas existem situações em que dívidas vultosas exigem medidas mais duras, como um corte drástico nas despesas fixas e nas compras. Nessas situações iniciar uma renegociação com os credores, para eliminar uma parte dos juros cobrados pelo atraso, permite colocar as finanças novamente em ordem em um determinado prazo.

A realidade é que quanto mais técnicas de educação financeira foram aplicadas às finanças pessoais e da família, melhores serão as condições de vida e maiores as possibilidades de superar períodos mais difíceis.

Inscrições Pronatec 2019 confira informações sobre a oferta de cursos gratuitos em Pelotas RS oferecido pela Prefeitura e PRONATEC, os cursos são de qualificação profissional na área administrativa e operacional, tem curso disponível para interessados que tenha ensino fundamento completo ou incompleto, curso para pessoas que estejam cursando ou já tenha concluído o ensino médio.

Os cursos serão realizados pelas instituições de ensino SENAI Pelotas, SENAC e Instituto Federal do Rio Grande do Sul. Todos os interessados que estiverem dentro dos requisitos solicitados podem se inscrever, porém as pessoas que recebem auxílio do governo como Bolsa Família e Inscritos no Cadastro Único terão prioridade, pois o PRONATEC tem como objetivo preparar profissionalmente as pessoas menos favorecidas financeiramente.

Inscrição será somente nos dias 19 e 20 de agosto na prefeitura de Pelotas, ao comparecer no local deve-se ter em mãos comprovante de escolaridade, e comprovante de residência, carteira de identidade, CPF e o número de inscrição social.

São mais de 380 vagas que serão distribuídas em 16 cursos de qualificação profissional, você pode escolher um dos cursos abaixo desde que seu perfil confira com as solicitações do curso escolhido.

Curso Mestre de obras, Curso Torneiro Mecânico, Curso Traçador de caldeiraria, Curso Armador de Ferragem, Curso Serralheiro de alumínio, Eletricista Baixa Tensão, Cuidador de Idoso, Operador de Supermercado, Garçom, Balconista de Farmácia, Auxiliar de Cozinha, Auxiliar Administrativo, Cuidador Infantil e Recepcionista. Prefeitura Municipal de Pelotas está localizada na Praça Cel. Pedro Osório, 101. Telefone Contato (53) 3309-6000

O candidato que contratou o serviço do FIES por meio do Banco do Brasil precisa saber o procedimento para pagamento. Deste modo quem solicitou o FIES 2019 Banco do Brasil precisa efetuar o pagamento corretamente. Para saber como fazer confira o artigo. No texto vamos falar sobre o FIES 2019 Banco do Brasil.

FIES 2019 Banco do Brasil

O Programa de Financiamento Estudantil (FIES) logo inicia o período de inscrições para o processo seletivo. Deste modo quem deseja contratar o financiamento para os estudantes universitários em instituições privadas deve concluir o processo.

Neste caso será possível se inscrever em processos seletivos dos novos contratos do FIES 2019 no primeiro e segundo semestre.

Informe-se também sobre o aditamento FIES 2019!

Isto é válido para os estudantes que são matriculados em instituições particulares de ensino superior. Ainda é preciso que elas sejam positivas pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior, SINAES.

Além disso, é preciso que o candidato tenha feito às provas do Exame Nacional do Ensino Médio com média igual ou superior a 450 pontos e não podem ter zerado no Enem.

Deste modo é preciso que os pagamentos referentes ao contrato do financiamento sejam feitos por boleto bancário. Quando o estudante contrata o FIES 2019 ele deve escolher o agente financeiro.

Entre os agentes tem o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal. Quem escolheu o Banco do Brasil precisa efetuar o pagamento do mesmo.

Como pedir o boleto

Sempre que preciso o aluno pode solicitar a segunda via do boleto. O processo é feito por meio do Sistema Informatizado do Fundo de Financiamento Estudantil (SisFIES). No site o estudante pode conferir suas informações financeiras cadastrais.

Além disso, como uma conta comum o boleto do Fies pode ser pago pela internet banking, em agências bancárias e/ou caixas automáticos. Para o processo:

  • Para emitir o seu boleto caso não tenha recebido é preciso ir à agência do banco para solicitar a segunda via do boleto. Além disso, é possível solucionar o problema por telefone (0800-729-0722).
  • Já para quem utiliza a internet banking do Banco do Brasil não precisa imprimir o boleto. Ele pode copiar o código de barras e colar na opção de pagamentos.

Como pagar boleto do FIES Banco do Brasil

Até a data de vencimento ele pode ser pago em internet banking, caixas automáticos e em agências bancárias.

Depois do vencimento o boleto poderá ser pago em uma agência na qual foi escolhido o financiamento do FIES.

Documentos para boleto do Banco do Brasil

O boleto do Banco do Brasil necessita que o candidato vá até agência ou faça a ligação. Deste modo pode ser que seja pedido seus documentos cadastrais, com isso pode ser solicitado:

  • Número do CPF.
  • Número do contrato.
  • Entretanto, para facilitar o recomendado é estar com os documentos pessoais em mãos. caso tenha qualquer problema.

Central de informações

Quem tem dúvidas pode entrar em contato sobre o boleto do FIES 2019 Banco do Brasil, no telefone:

  • Central de Atendimento: 0800 61 61 61.